Varizes e vasinhos, qual a diferença?

Muito mais do que um problema apenas estético, as varizes podem afetar, e muito, a qualidade de vida das pessoas.

Infelizmente, no Brasil, mais de 38% da população sofre com problemas de vasos e varizes, sendo que as mulheres são as mais afetadas, e isso pela interferência de fatores hormonais.

O fato é que muita gente ainda confunde varizes com vasinhos.

Mas, afinal, até onde a veia aparente é apenas um vasinho ou se trata de varizes? Na verdade, as varizes e os “vasinhos” são, basicamente, o mesmo problema de saúde.

A diferenciação pode ser feita através de seus sintomas, assim, se você sente inchaço, formigamento e queimação nas pernas, saiba que esses são sintomas de varizes, pois as veias dilatadas atrapalham o fluxo sanguíneo e acabam causando esses sintomas.

Já, os vasinhos, só trazem um incômodo estético.

Insuficiência Venosa Crônica

Mas, vale saber que tanto os vasinhos como as varizes fazem parte da doença chamada Insuficiência Venosa Crônica, que é uma doença classificada em estágios, que vão do 1 a 6.

No 1º estágio há a presença apenas dos vasinhos.

No 2º estágio é quando já começam a aparecer as varizes.

Assim, podemos dizer que a diferença de cada um está no estágio, o vasinho sendo ainda um primeiro estágio, só afetando esteticamente a pessoa.

E a cada estágio os sinais e sintomas vão ficando mais graves, sendo o 6º estágio caracterizado pela presença de úlcera varicosa, que é a mais grave complicação desta doença.

Ou seja, embora os vasinhos, geralmente, não justifiquem um tratamento mais sério, sendo considerado um problema apenas estético, eles fazem parte da Insuficiência Venosa Crônica e merecem muita atenção, usando creme varizes você pode prevenir qualquer problema.

Varizes X Vasinhos

Então, podemos dizer que a principal diferença entre varizes e vasinho está no estágio, no tamanho, já que as varizes são veias tortuosas e dilatadas, que podem provocar maiores complicações à saúde; e vasinhos são varizes de pequeno calibre, podendo ser chamados também de micro varizes, e podem, ou não, causar dor.  

Principais causas das varizes e vasinhos

Os mesmos fatores podem causar varizes e vasinhos, e o principal deles, para ambas as condições, é a predisposição genética. Mas alguns outros fatores podem facilitar ou agravar o quadro, dentre eles podemos citar os seguintes:

  • Condições que aumentem a pressão intra-abdominal (como constipação, tumores, gravidez)
  • Genética
  • Permanecer, por muito tempo, em pé ou sentado
  • Sedentarismo
  • Sobrepeso e Obesidade
  • Tabagismo
  • Trombose venosa profunda prévia
  • Uso de anticoncepcionais

Mas, atenção, o uso de anticoncepcionais, a gestação e reposição hormonal são fatores de risco.

Possíveis tratamentos

Por terem gravidades diferentes, o tratamento tanto das varizes como dos vasinhos pode variar.

Enquanto o tratamento dos vasinhos pode ser feito com escleroterapia, as varizes precisam ser tratadas com cirurgia ou, também, com a escleroterapia, realizada com outros métodos. 

Porém, cada caso é um caso, muitas vezes os vasinhos podem ser tratados com uso de meias de compressão apenas, e as varizes, por sua vez, nem precisem de tratamento cirúrgico.

Por isso, é fundamental a avaliação de um especialista, que saberá indicar o melhor tratamento para o seu caso.